Norwegian Sun Cruise – January 2017 Valparaiso – Buenos Aires

Norwegian Sun Cruise – January 2017 Valparaiso – Buenos Aires

IMG_0701Norwegian Sun Cruise – January 2017 Valparaiso – Buenos Aires
– Uma viagem cujo ponto alto é cruzar o Cape Horn ou seja o cabo no sul da América do
Sul, muito usado antes do Canal do Panamá em 1914 quando estas viagens eram necessárias para chegar ao Pacífico , atrás da corrida de ouro.
– A viagem de 15 dias conta com paradas nos portos de Valparaiso, Puerto Mont, Puerto Chacabuco, Punta Arenas no Chile , Ushuaia, Puerto Madryn na Argentina, Stanley nas Ilhas Falkland da Inglaterra, Montevideo no Uruguay e o final em Buenos Aires Argentina em um total de 4006 milhas náuticas.
– Patagonia e Tierra del Fuego. Patagônia porque era o nome dos aborígines avistados pelos espanhóis e porque tinham pés grandes, patagones. Tierra del Fuego porque ao chagarem viram fumaça e fogo nas ilhas, usado pelos aborígines para se esquentar , pois eles não usavam roupas. Se cobriam com tintas e lama de forma artística.
– Um navio é um hotel flutuante onde você acorda cada dia em um outro lugar, em outras águas. O glamour do Titanic publicitado no filme está bem aqui e normalmente com preços menores que uma diária de hotel em terra.
– O Norwegian Sun, navio de 900 pés, com capacidade para 2000 passageiros e 900 tripulantes é considerado um navio médio pois os grandes tem capacidade entre quatro e cinco mil passageiros. Este navio , ideal para os estreitos entre os fiordes chilenos. É uma pequena cidade flutuante com vida própria nos dias de viagens pois os passageiros acabam interagindo nos diversos ambientes.
– Sobre os Portos :
-Valparaiso,grande, movimentado, e a cidade vive das glórias do passado. Ciclo encerrado,
em 1914 com abertura canal do Panamá.
-Puerto Mont – Cidade pequena sendo Puerto Valar há 30 km a cidade preparada receber turistas. É a porta de entrada para a região dos lagos. O vulcão Osorno é comparado ao monte Fuji.
-Puerto Chacabuco- porto pequeno e cidade com 1200 habitantes. Para ver algo a cidade de Aysen a 15 km é a visita ideal. O vulcão Monte Hudson em 1991 provocou enormes queimadas nos bosques. CIsne Negro e o pássaro Condor que estão em perigo de extinção e é a religião com menor população do Chile.
-Punta Arenas. Perto do estreito de Magellan , é a capital da região mais ao sul do Chile.Até 1914 o estreito de Magellan era a mais importante passagem entre o Atlântico e Pacífico. Porto movimentado, cidade muito organizado e preparada para turistas. No dia que estive aqui, três cruzeiros estavam aqui e a cidade foi literalmente invadida.
Ushuaia- Argentina – entre a cordilheira e o canal de Beagle. Com 80000 habitantes é a cidade mais ao sul do mundo. Está localizado em uma ilha dividindo o território com o Chile. Faz parte da Patagônia. Colonizado por missões religiosas e depois se tornou uma ilha para prisioneiros a partir de 1896 e fechado pelo Presidente Peron em 1947. O museu da prisão hoje é atração turística e histórica. Ushuaia está a 1000 km da península Antártida. Anualmente em média ocorrem 17000 terremotos pequenos. A rota Transpanamericana inicia aqui e termina no Alaska com 17848 km. Daqui partem os barcos exploradores para Antártica como o National Geografic Explorer que leva no máximo 200 passageiros.
Cape Horn. Descoberto em 1616 , pelo explorador holandês William Shouten e foi nomeado Horn em memória ao vila Hoorn na Holanda e em espanhol traduzido para Cabo Del Horno. Está a 650 km da Península Antártica. Com o Canal do Panamá em 1914 uma viagem de viagem de 20900 da Europa para California foi reduzida em 9000 km para 8300
Falkland Islands. Capital Stanley. Território independente do Reino Unido que conta com a proteção militar da nação mãe. O tour para Volunteer Poit, onde está a maior população de pinguins Reais , Gentu, Rock Hopper ,Macaroni. A colônia de pinguins Reais conta mais de 1000 todos juntos, formando um círculo cuidando de seus filhotes ou ainda chocando os ovos. Muito elegantes, bonitos, limpos. Brancos com preto e amarelo. E muitos em pares ou grupos caminham para lá e para cá para deleite dos visitantes e para fotos incríveis. Simplesmente maravilhoso. Animais dóceis e por andarem de pé, como o ser humano, fascinam tanto.
São 3000 mil habitantes em todas as ilhas. A base militar inglesa está junto ao aeroporto. Em 1982 houve a guerra das Malvinas quando a Argentina tentou ocupar a força o território. Mais de 600 soldados argentinos, perderam a vida é muitos da Real Força Inglesa. As casas com tetos coloridos, pequenas e flores parecem de um conto de fadas.
Madryn- cidade litorânea portuária com 95000 mil habitantes e com muitas praias . Fonte econômica além do turismo é a produção de alumínio. A água da cidade vem transportada de cidades vizinhas há mais de 60 km, pois aqui chove pouco e não tem água. Um aqueduto subterrâneo está sendo construído. Muitos navios vem aqui no verão de 35C celsius e invadem a cidade. A cidade foi colonizada por Gauleses, do país de Gales da Inglaterra. Construções ao estilo inglês ainda permanecem como pontos históricos .
Montevideo-Uruguay- A cidade foi funda em 1720. Seu primeiro nome foi São Felipe de Santiago. Artigas foi o libertador do país da Espanha. Montevideo está as margens do Rio da Prata. Uruguai tem 3,5m de habitantes sendo 1,5 na capital Montevideo. Indústria principal é a das carnes. Diz-se que tem cinco vacas por habitante.Depois vem o turismo. Cidade com ar Europeu , preservado pela arquitetura e cultura do povo. Muitos parques portanto muito verde na cidade.
Buenos Aires – Argentina. São 9m na capital. Cidade grande como muitas outras, muito tráfego porém com ar de cidade européia, por causa da arquitetura e influência espanhola. As margens do Rio da Prata, o Porto é enorme e os cruzeiros também são inúmeros no verão. A famosa Calle Florida é um shopping Center a céu aberto. Em várias ocasiões fomos alertados para cuidar dos pertences e ficar sempre alerta por causa de ladrões. Qualquer semelhança com as grandes cidades brasileiras é mera coincidência .

-Viajar rejuvenesce as idéias, o conceito sobre a vida, sobre o mundo, sobre as culturas , sobre si mesmo e sobretudo impulsiona a novas aventuras por este planeta. É um círculo vicioso.
– fotos –https://drive.google.com/open?id=0Bz9_qUt1B-ERLVhsZFNYRU83b3c

Vídeos –

1-https://youtu.be/v1937Vtn2Vg

2-https://youtu.be/ruLUd5Xg7fk

3-https://youtu.be/JzUU5Dfayfc

4-https://youtu.be/-_UgMehoimw

5-https://youtu.be/bN_XnzY3h-A

6-https://youtu.be/KuQaSQwecxg

7-https://youtu.be/oCTNMm5Hz6A

8-https://youtu.be/YyHg4-FhwEE

9-https://youtu.be/W98jCL0v2BA

10-https://youtu.be/IEezaC2yis4

11-https://youtu.be/sP7yRiYt6dw

Marcos Hans
Traveller
www.sejaider.com.br

Share

Sobre o Autor

Avatar

M.Hans administrator

Tudo é uma questão de atitude. Everything is a matter of attitude.