PARA PENSAR.

– Não somos , como comumente pensamos, um produto exclusivamente de nossos raciocínios e vontade. O que pensamos, escrevemos, criamos nem sempre é uma conclusão original, é com freqüência o resultado do ambiente, da sociedade, da religião que fazemos parte. Estamos sujeito a sugestões , quer indiretas ou implícitas, de nossas associações. Além de ser um produto de hábitos, somos produto de muitas influências.
APortanto, analisar e julgar um indivíduo , um grupo sem levar em conta isto seria concluir incorretamente. Alguém que nasce,vive e se associa em Bangalore na India ou alguém de Harmonia no Rio Grande do Sul, é um produto diferente, mesmo que a educação de adulto tenha sido igual, os primeiros sete anos fazem muita diferença.
-A educação é mais do que mera aquisição de conhecimento acumulado para uma finalidade. Requer um desejo de saber, de explorar,por amor ao conhecimento e um desejo para cultivar o intelecto e a mente, que em si mesmo é uma RECOMPENSA.
– Por persistência , atenção o homem se torna pela educação, aquilo para o qual foi criado, assim ele compreende sua natureza, desenvolve suas potencialidades , chega a maturidade mental, se torna independente intelectualmente, emancipa-se da ignorância, superstição e torna-se um ser livro. É claro que não é fazendo uma faculdade de Direito ou de Administração de empresas que se alcança isto. E isto é um processo sem fim, ou seja, até os fim dos dias.
– Como é para pensar, o que você pensa a respeito e como você se enquadra nestes raciocínios.
– Por que pensar? Porque tudo é uma questão de atitude.

pr сайта этоtranslate english to portuguese audio

Share

Deixe uma resposta