Onde a África encontra o Oceano.

Onde a África encontra o Oceano.

Onde a África encontra o Oceano.

Um festival de corrida à Sardinha ocorre anualmente na África do Sul. Está no calendário turístico. Além do homem, que vai para ver o espetáculo e pescar, ocorre um fenômeno natural da natureza: baleias, golfinhos, pássaros aproveitam a oportunidade para se alimentar. Isto ocorre por causa das águas que se esquentam em um determinado período do ano.

Um cardume de sardinhas visto do alto parece uma mancha de óleo, de tão populosa que é. Nos últimos anos, por causa da pesca exagerada, com navios pesqueiros sofisticados e radares cada vez mais precisos a população de sardinhas diminuiu bastante.

Há vinte anos um cientista Francês alertou para que os governos estabelecessem reservas marítimas. Ninguém o escutou. Recentemente o governo da África do Sul tornou reserva marítima vários quilômetros de sua costa. Existem muitos parques e terras preservadas. Os mares que ocupam 90% do planeta, ainda não estão protegidos. Começou na África do Sul. Outros países deveriam copiar

Vi um documentário sobre o assunto em um cinema IMAX com tela gigantesca no Museu de Historia Natural em Washington DC, nos conhecidos museus Smithsonian, e fiquei impressionado. A partir de agora vou comer menos sardinhas.

A propósito dos Museos Smithsonian , que não cobram ingresso, pois foram construídos e são mantidos por uma doação de um cidadão Inglês, valem muito a pena serem visitados. Pesquise na internet para saber mais.

Se para buscar conhecimento você precisa ir a terras distantes, além da China, então vá, ou pesquise na Internet, mas definitivamente não é a mesma coisa. E como aprender a nadar ou jogar tênis olhando um vídeo.

Por quê? Porque tudo é uma questão de atitude.google ключевые словаwww.intercombase.com

Share

Sobre o Autor

Avatar

M.Hans administrator

Tudo é uma questão de atitude. Everything is a matter of attitude.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.