Kilimanjaro- Gorilla Adventure jan fev 2019

e                               – Kilimanjaro- Gorilla Adventure  jan fev 2019             

Mozambique, Kingdom of Eswatini,(Swaziland )Malawi, Kenya, Tanzania, Uganda, Rwanda ,DRC Democratic Republic of Congo.

                       – O motivo para esta aventura não sei. Poderia ficar em casa na rotina normal com conforto ou fazer algo diferente, como tenho feito nos últimos anos. E é o que estou novamente fazendo.  O vôo da Ethiopian com o Boeing 787 para Addis Ababa durou 12h11m sem turbulência. Um pernoite em Addis pois quando o vôo de conexão  é oito horas adiante a empresa fornece um hotel. Dali para Maputo, capital de Mozambique.

                        – Portugal, Brasil, Mozambique, Guinea-Bissau, Cape Verde e São Tomé e Príncipe são os países de idioma português.  Mozambique  descoberta em 1498 nas viagens de Vasco da Gama. Independente de Portugal desde 1975. População, 29 milhões de habitantes. Capital Maputo . A grande Maputo tem uma população de 2,8 milhões. 

                        -O português falado aqui, ligeiramente diferente, mas não tanto quanto o de Portugal. Muito mais parecido com o do Brasil. Assistindo TV, parece igual. Muito estranho, tão distante e seu idioma sendo falado ao seu redor. A China, sim , a China, construiu , inaugurou em novembro de 2017 a maior ponte da cidade, que cruza  o canal do mar Indico, ligando Maputo. Katembe. Tem pedágio. O maior hotel casino, Hotel Gloria, na avenida Beira Mar, foi construção   Chinesa , com direito a Leões no portal de entrada e os dizeres do Hotel em Português e Chinês. A avenida beira mar, organizando o trânsito e deixando lugares para estacionar, montar barracas, pistas para caminhar, foi construído pelos Chineses. Um bairro chinês está sendo construído em Maputo. Aliás, em vários países da África o financiamento que vem da China está ocupando espaço. 

                              -A praça da independência, com o Edifício da  Prefeitura,  a estátua de  Samora Machel, o revolucionário da Independência de Portugal, a Catedral Branca e o Jardim Botânico, formam um conjunto magnífico na centro da cidade. 

                                 – O tipo de comércio e de serviços de rua, nas calçadas, em quiosques demonstra a falta de estrutura e de condições dos empreendedores que sobrevivem a cada dia não conseguindo sair desde círculo vicioso. Falei com alguns rapazes: não existem empregos suficientes, estamos aqui vendendo produtos. Camisas estendidas no chão como exposição. máquinas de costura nas calçadas para concertar roupas. É um panorama de dificuldade. O ministro das finanças está preso pelos contratos ocultos, ou seja, governo avalizou e ele embolsou.

                                       – O balneário, praia, de Macaneta, a duas horas de Maputo, que se alcança através da ponte nova construída também pelos Chineses e após a ponte estrada de chão nas piores condições. A recompensa vem com a praia de mar aberto, limpa, com muitos resorts. Valeu a pena a viagem, pois as praias de Maputo, naturalmente muito poluídas. 

                              -“ Moçambique é um dos piores países do mundo no desenvolvimento  humano, segundo a ONU.  A luta contra a pobreza e o acesso à saúde e a educação tem de ser uma prioridade nacional.” Revista Exame.

                                        – O país vizinho eSwatini, antes Swaziland, cuja capital é Mbabane, está a 170 km de Maputo.O atual rei, Reino de Eswatini , Mswati III, festejou em 2018, seu aniversário de 50 anos assim com os 50 anos da independência do Reino Unido em 1968. Seu pai, o Rei Sobhuza II, que teve 182 esposas em seus 82 de reinado e seu filho, que se tornou rei, segue está tradição e já tem 18 esposas com palácios individuais para cada. É com os  impostos dos súditos que paga esta  extravagância além da  propina recebida de negócios de estrangeiros no país. População de 1,3 milhões. A capital Mbabane tem apenas 100 mil habitantes. Diz-se o Rei trocou o nome do país, pois Swaziland era facilmente confundido com Switzerland. A olho nú se percebe a diferença financeira para melhor em relação a   Mozambique. A Ceremônia mais sagrada desta nação é INCWALA. Realizada em dezembro, quando surgem as primeiras frutas e é  tradição Swazi jurar  obediência ao Rei. Água pura é recolhida pelo país e deve ser trazida por rapazes virgens e  muito mais. 

                         Malawi com população de 18 milhões. Colonizado em 1891 pelos Britânicos. Independente da Reino Unido  desde 1964. Capital Lilongwe com 1,2 milhões de habitantes.  Faz parte da lista dos  países menos desenvolvidos do mundo. O primeiro presidente e herói da Independência, Kamuzu Banda , tem seu nome no Aeroporto. O Mausoléu está ao lado do Parlamento. 

                                – O comércio de rua, onde móveis, esquadrias de ferro são fabricados, ambulantes com produtos na mão oferecendo nas filas de carros no trânsito dá o tom  da  precária situação econômica do país. Interessante registrar que aqui e nos mais menos desenvolvidos, a telefonia celular com internet está fortemente presente. É a maneira que este povo se sente um pouco incluído e ao mesmo tempo preso na ratoeira do consumo das comunicações.  Antigamente a torre principal era a da igreja. Hoje, as torres mais importantes são as torres de comunicação. Oitenta por cento da população vive da agricultura de subsistência especialmente de milho, que é um dos alimentos principais. Plantações de milho é o cenário em viagem para o interior. Milho assado ou fervido para comprar nas tendas improvisadas em qualquer lugar é comum. Gado, peixe , tabaco, chá e açúcar são os produtos de exportação. A maioria dos veículos são de segunda mão importados do Japão. 

                                        – O grande lago Malawi, é o quarto em tamanho no mundo de água fresca, é o quintal de muitas famílias que vivem da pesca, que usam sua água, para lavar roupa, louca, tomar banho  e promover o turismo. Três horas de carro até Cape Clear, município de Mangochi, local famoso por peixes únicos, locais para mergulho, ilhas a pequenas distâncias e muita paz.

                           Kenya, com 49 milhões de Habitantes. Capital Nairobi. População da região metropolitana de Nairobi: 6,5 milhões. Independente do Reino Unido desde 1963. Maioria de religião Católica. Islamismo presente. O trânsito é de ficar 30 minutos parado facilmente. Uber funcionando muito bem. Gentileza das pessoas ao prestar  informações, sem igual, ou seja, igual aos ingleses, precisa.  O show de danças cultural, Bomas of Kenya, é fantástico, porque as danças, tambores, vestimentas, cantos , trazem ao palco as culturas de todas as tribos da região, do passado e presente. Uma vila, anexo-ao teatro, com choupanas reproduzindo as casas dos primitivos. 

                               – O mercado semanal Massai, que traz os produtos das diversas tribos é vibrante, colorido e negociações de preços a cada compra. O parque da cidade, onde além da floresta estão os macacos que tiram foto com você, ficam nos ombros, na cabeça , braços.

                                         – Visitei e participei de uma loja maçônica , da District Grand Lodge of East India que abrange os países do Kenya, Seicheles, Uganda e Tanzania. A loja Hibernia Lodge n* 749 que opera sobre a Scottish Constitution se reúne nove vezes ao ano. Fui recebido como se estivesse em minha loja provando mais uma vez a internacionalidade da fraternidade.

                           Tanzania – República Unida da Tanzania. população 55 milhões. Capital Dodoma com 400 mil habitantes. Independente do Reino Unido  desde 1961. E aqui está o Kilimanjaro, a montanha mais alta da África, um vulcão adormecido,  com 5895 m de altitude e este é a principal atração desta aventura. Subir , caminhando, bem devagar, até o topo. A subida inicia na cidade de Moshi. A rota escolhida foi Lemosho, considerada a mais cênica e a mais longa, ou seja oito dias.Entre as montanhas mais altas, está o Everest com 8848 metros, Aconcágua 6961 m. 

                                   -As diversas rotas, com graus de dificuldade diferentes e períodos de aclimatização mais curtos ou mais longos são as opções. A rota Lemosho, com maior período de aclimatização, nove dias, para evitar o mal de alturas e garantir a chega ao topo. Os diversos campus onde são montadas as barracas, o refeitório , são de estrutura precária com banheiros normalmente improvisados. Barafu, a última estação, pois dali se alcança o pico UHURU, que significa liberdade. Nome dado na época da libertação  domínio Britânico . A meia noite  , no escuro , com lâmpada na testa,  frio e vento , com todas as roupas, capuzes, luvas, aquecedores para os pés e mãos ,  possíveis ,se inicia o último trecho que leva cerca de 8  horas e mais três para retornar por outro caminho. Foi um real desafio, chegar no topo e no caminho a emoção toma conta por causa do desafio quase  completado. Persistência, atitude positiva, mesmo que o corpo reclame , a mente comanda executar. No dia 31/01/2019 as 8h00 AM cheguei aos 5895m  amsl , meu certificado é o de número 106704. Um do nosso grupo de 12 não conseguiu chegar ao topo. 

                                            – Necessário registrar que a caminhada é dividida entre uma base  e outra, no total seis bases,  portanto a cada dia se caminha alguns quilômetros ,  em terrenos  com dificuldades diversas, florestas, pedras, rochas, muitas rochas, para cima, para baixo e parece que não chega nunca o que totaliza 64 km até a saída do parque. A cada dia, a equipe de apoio mede o nível de oxigênio e pulsação  para autorizar continuar a subida. 

                                  -E porque subir uma montanha. Cada um certamente terá um motivo. Como sempre se diz que o poder vem das alturas, o poder divino vem do alto, subi está montanha com 5895m acima do nível  do mar,  a mais alta para mim, para fisicamente estar o mais perto deste poder, com meus próprios pés e esforço, pois de avião já estive em alturas de 15000 mil metros. Além disto, por ser um desafio físico, para provar para mim que posso fazer, porque está na moda subir montanhas, porque amigos meus já subiram, porque é em país diferente e porque quiz ter a experiência no meu currículo.

                                                – O parque nacional do Kilimanjaro, oficialmente aberto ao turismo em 1977, tem recebido em média 25000 turistas anualmente.

                                          – Está aventura foi feita através da G Adventures, pois se faz necessário uma companhia credenciada para explorar o parque e subir o Kilimanjaro. Éramos um grupo de 12 passageiros e 40 era a equipe de apoio, desde o Líder, chefe cozinheiros, os que cuidavam do banheiro  portátil aos carregadores de bagagem  e montadores de barracas que sempre estavam na nossa frente preparando tudo. Uma verdadeira operação logística.

                             – E o Serengeti ( que significa terras planas sem fim ) National Park, estabelecido em 1951, na Tanzania, é o parque famoso pela migração anual de 1,5 milhões de  wildebeest , um tipo de Antílope e de 250.000 zebras. O povo Maasai da região Mara , Maasai Mara People  conhecidos por seus costumes tradicionais e  por isto longevos , pois as comidas são naturais, a medicina é a base de ervas e suas   vestimentas típicas especialmente as mulheres com colares e roupas coloridas.  É entre as 120 tribos da Tanzania, a segunda mais populosa e a que menos foi influenciada pelos costumes modernos, portanto a mais intacta comparada a algumas tribos no interior do Brasil, O Lake Manyana National Park na cidade de Mto wa Mtu, que significa Rio dos Mosquitos, avistei macacos, elefantes, zebras, hipopótamos, águias, wilderbeast e muitas aves.

                  – No caminho para o Parque Serengeti,(14750 km2) se passa pela  área De Conservação Ngorongoro , (8200 km2) uma área onde animais e seres humanos habitam em união. O nome vem da Cratera Ngorongoro, uma caldera vulcânica. Passei duas  noites em tendas no parque  Serengeti e uma noite na área de conservação. Uma aventura e experiência fantástica, pelo silêncio, isolamento e sabendo que ao redor está cheio de animais, entre leopardos, leões , cheetahs , elefantes, girafas, impalas é muito mais. É dormir em um enorme zoológico.    

                   – No Parque Serengeti os animais vivem soltos , protegidos e em grande número. Porém, os caçadores clandestinos tem invadido o parque e abatem elefantes entre outros. Vi grupo de girafas com mais de 50 animais. antílopes aos milhares, hipopótamos as centenas, wilderbeast  aos milhares. A natureza sendo mantida intacta através de Parques Nacionais.

                          – A cratera da área Conservação Ngorongoro, na realidade uma caldeira de formação vulcânica, é um zoológico a céu aberto com uma cerca natural de montanhas. São 260 km 2 e cerca de 25000 animais. Elefantes, wilderbeast, flamingos, hipopótamos, pássaros, leões, impalas, rinocerontes é muito mais. Incrível, diferente, a natureza em ação. 

                              Uganda, República de Uganda,  população 44 milhões, capital Kampala com 1,5 milhões. Independente do desde 1962. Era colônia britânica.  Na lista dos países mais pobres do mundo assim  como muitos países da África. Assim  como o Brasil, a corrupção é endêmica. Placas nas rodovias: “você está entrando em uma zona de corrupção zero, não pague propina para ninguém.”

                                   -” Aqui estão a metade  dos Gorilas de Montanha ,  especie em extinção e uma dos mamíferos grandes mais raros do planeta, encontrados somente nesta região da Africa. Para  visitar os parques se precisa uma licença especial pois o número de turistas é limitado. A busca aos Gorilas, ver eles de perto, fotografar foi sensacional. O Bwindi National Park, a Impenetrável Floresta , é acessada por estrada de chão muito precária somente alcançável com veículos 4×4. A rota  designada para mim foi Ruhinja, a 2340 metros acima do nível do mar, sendo a mais popular , uma vez que as licenças se alternam nas diversas rotas pois o acesso é limitado.

                                      – Nos últimos 20 anos, pelo trabalho de conservação, a população dos Gorillas  tem aumentado. Talvez eu e você não sintamos a diferença no desaparecimento de uma espécie, mas nos beneficiamos pela diversidades de criaturas extraordinárias neste planeta. Penso que para cuidar de nós temos cuidar do planeta e das espécies. Somos todos conectados, humanos com a flora e fauna e todos fazemos parte do todo. Tão bem mostrado no filme Avatar. A perda de uma espécie e uma lágrima na tecido humano e na vida natural. Atualmente a população é de 600 Gorillas. Na Floresta viviam Pigmeus que foram transferidos para os Gorillas poderem viver em paz. A comunidade de Pigmeus são cerca  de um mil.

                                     -A entrada na floresta é dramática pois ela é fechada. Após uma hora caminhando recebemos notícia que uma família foi localizado, mais quinze minutos e ali estavam , brincando e se alimentando.

                                     – Os Gorilas de chão, um pouco maiores e com rosto menos parecido com os humanos  estão somente nas florestas no Congo DRC.

                                       – Entrei pela cidade de Entebbe vindo do Aeroporto Kilimanjaro pela Air Tanzania em um Bombardier 400. Dali dirigimos nove horas , 600 km até Engenzi Lodge , na vila de Kataara, com uma vista espetacular sobre a savana,  para dali ir ao Queen Elisabeth National Park para um game drive, onde vi leões, impalas, búfalos e depois para rio Kazinga em um barco para ver centenas de  elefantes juntos, centenas de hipopótamos e búfalos na água, aves enfileiradas de diversas especiais junto com os hipos e búfalos. O nome do Parque é em homenagem a visita da Rainha da Inglaterra em 1954, antes portanto da independência . Ela visitou o país em 2007. Incrível.  Assim como o maior lado da região, Lake Victoria, em homenagem a rainha Victoria , do Reino Unido. Uganda, o reino animal e vegetal  em abundância.

                                   -E aqui em Uganda  passa a linha do Equador. Vi um monumento sinalizando a linha imaginária. 

                                         

                              Rwanda – República de Rwanda. População 11,2 milhões. Capital Kigali com 1,1 milhões. Independente  desde 1962. A guerra civil de Rwanda, na década de 90 matou cerca de 800 mil pessoas. Turistas são atraídos para ver os Gorilas das montanha. Atualmente o inglês predomina ao relação ao francês. Ainda se vê nomes de lojas ou indicações em francês. O distrito de Bubera, na fronteira com DRC , na beira do lago Kiva vive da pesca e da fábrica da Heineken.

                               – As ruas, sempre cheia de pedestres, transportando de bicicleta , moto ou carregando algo na cabeça. Lojas das mais diversas sendo a arquitetura idêntica, sempre com um avanço e colunas na frente, sendo uma extensão do prédio. Me disseram que foram os indianos que trouxeram para Uganda e se espalhou. Na fronteira, se precisa lavar as mãos e passar pelo detector de temperatura, febre apontada para a orelha que mostra a temperatura páramo controle do Ebola.

                                         -O museu do Genocidio, em Kigali, na capital. ocorrido em 7 de abril  1994 contra o povo Tutsi  pelos Hutu , deixa claro que a igreja cristã católica teve papel importante é fundamental neste genocídio. Um dos bispos em suas falas incitou esta separação o que culminou no massacre. As igrejas eram usadas como refúgio para os Tutsi, pois ali estariam protegidos, mas os padres chamaram os Hut e houve um massacre. Idem no Estádio. A frase famosa depois do Holocausto, “ Nunca mais “, não serviu para este caso e outros que aconteceram depois. Ainda não aprendemos. Padres julgados , presos hoje, ainda permanecem com o titulo de Padre. John Paulo II foi o Papa da época e ficou ainda 20 anos no papado e não fez nada. A igreja negou que institucionalmente agiu.  A igreja esta do lado dos pobres que ela escolha. Moral e ética conforme eles querem. Uma vergonha. Sem falar na pedolfia que os Padres praticam e nao sao expulsos, somente transferidos. Faz isto num multinacional..É o que a igreja é, com muitas filiais e muitos gerentes. Delegou, assume. So nâo funciona na Igreja Católica Apostólica Romana com sede em Roma.

                                                                       DRC Democratic Republic of Congo . População 90 milhões. Capital Kinshasa com 15  milhões. Visitei a Cidade de Goma, na fronteira com com Rwanda na província de North Kivu,  população de um 1,5 milhões  de habitantes. A montanha Nyiragongo, é um vulcão ativo e sua última erupção foi em 2002 que destruí metade da cidade de Goma. independente 1960 da Bélgica. Idioma oficial é o Francês. A cronologia de erupções deste vulcão passa pelos anos de 1822,1912,1920,1928,1977,2002.

                                           – A parte norte da cidade, atingida pelo último vulcão em 2002 está praticamente reconstruída. O solo todo é de material vulcânico, pedras vulcânicas  de todos os tamanhos sendo usadas nas casas, muros. Comparando com um formigueiro que se reagrupa após ser destruído, o ser humano se reagrupa e reconstrói sua vida , suas casas, suas lojas e ainda promove turismo sobre o assunto. E entre as pedras, plantações de feijão e hortaliças, pois o solo é rico em minerais. A parte sul da cidade, mais desenvolvida limpa e organizada e perto do lado Kivu.

                                         – O turismo está em crescimento. Ainda é exigido visto que deve ser pedido com antecedência o que inibe muitos viajantes. É um pais com potencial turístico grande porém somente a visita aos Gorillas no parque Nacional Virunga, que  tem a savana para game drives com os grandes animais  e os Safari no vulcão. A cidade fronteiriça de Goma, está preparada com infraestrutura para receber turistas. Em maio de 2018 dois turistas britânicos foram raptados por locais por três dias durante a subida do vulcão  e o segurança, ranger,  que os acompanhava foi morto. Péssimo para o turismo e o vulcão está sendo reaberto em fevereiro de 2019 com medidas extras de segurança. A atração é a maior lava encandeceste   de um vulcão no mundo, com 500 m de diâmetro. 

                                    – O símbolo da cidade de Goma , é o chukudu, um carrinho de  rodas tipo patinete gigante, que serve para transportar qualquer coisa. Uma réplica de bronze está na praça central. Recentemente a oposição venceu as  eleições presidenciais  e se aguarda uma abertura de mercado e melhora das condições para o povo. O mundo é igual. 

                                         -A aventura na África por oito países foi singular. Visitei dezessete dos cinquenta e cinco.  A cada país uma nova exploração. Até aqui tudo de acordo com o surpreendente de uma viagem. Estou agora, enquanto publico  este artigo, no sistema de transporte aéreo em Kigali em direção a Porto Alegre via Addis Abba. Espero ter inspirado você a fazer suas jornadas, para lugares onde você nunca esteve. Assim como nos episódios de Star Trek. “Space: the final frontier. These are the voyages of the starship Enterprise. Its continuing mission: to explore strange new worlds. To seek out new life and new civilizations. To boldly go where no one has gone before.” Ou para mim: Earth: our planet, on a voyage  expedition to places I never have gone before. Terra: nosso planeta, em uma viagem expedição para lugares onde eu nunca fui antes. 

                                       – Meu pai caçava, eu ia junto com ele nos domingos à tarde, depois ajudava a limpar as penas das aves, ajudava a carregar os cartuchos. A mãe preparava a passarinhava. Era normal na época. Meu pai gostava de animais, da natureza e sempre assistia filmes com animais. Nunca veio a África , faço esta viagem em memória  a meus queridos país, Léo Hans e Selita  Lídia Hans, que me proveram em  tudo e dos quais lembro diariamente.

                              – Lendo um artigo sobre o que fazer da vida após os 60, as sugestões mais diversas como aprenda algo novo ( vou fazer um curso de mágica ) cultive sua comida,( não), acampe no mato ( sim, no Kilimanjaro), consiga animal de estimação (não, vai morrer de fome), faça novos amigos,( sim), faça algo louco, ( sim, escalar uma montanha, ir à Antartica atravessar o mar revolto do estreito de Drake ), voltar a ser criança, ( não, nunca deixei de ser ), faça uma viagem terrestre( sim, Chicago até Lós Angeles de moto), apresente-se em público ( Shii, Dale Carnegie Courses, already trained for ). Acho que vou ter que acrescentar minhas sugestões, para após os sessenta: dirija somente carros conversívelis, antes que não consiga renovar a habilitação, pilote uma moto escutando country music no spotify, vôe ao redor do mundo pela Star Alliance e frequente os Lounges e tome banho em todos eles , e quando em Istambul , fique um dia ou uma noite inteira no Star Alliance Gold Lounge e coma a pizza feita na hora. Viaje de navio pelo mar, pelos rios e descubra as mais diferentes cidades portuárias e finalmente fique em casa sem fazer nada , fazendo sua comida, assistindo Netflix, Sky, You tube, cuide do Jardim, da pintura da casa, faça festas com a família, faça alguns negócios para não perder a prática, e aventure-se novamente pelo mundo.

                            – Viajar é para sempre. Viaje o mundo. Veja mais. Veja lugares, veja pessoas, veja mais o mundo, veja a diversidade  do mundo

                           -Por quê ? Porque tudo é uma questão de atitude é porque é mais tarde do que você pensa.  

 

fotos 1 – Mozambique, Eswatini, Mawali. 

https://drive.google.com/drive/folders/1-YNMxC9n7IrTTcPW1lwmD3oX-cCFhJr6

Foto 2- Kenya 

https://drive.google.com/drive/folders/1-Yv6XPyr7b5HKSVm6SsRb5RRK0za6p1G

Fotos  3- Kilimanjaro Tanzania Lemosho Route 

https://drive.google.com/drive/folders/1-AGkM-grKNu3tZ6S7zehRBb0dFnoDsRJ

Fotos 4- Tanzania Serengeti 

https://drive.google.com/drive/folders/1-LHzg5lC_cnfV7E-HKhxE207Zl29_1Y7

Fotos 5- Uganda , Rwanda, DRC-  Gorillas 

https://drive.google.com/drive/folders/1-QbUp7LMQ3pBT8j-QghwgSgJ57vr5YaU

Vídeos – You no canal sob meu nome.

Marcos Hans 

Writer, Speaker, Administrator, Personal and Executive Coach ICI Integrated Coaching Institute.

Commercial  real estate  developer and  a  Happy World Traveller 

Past Grand Secretary of Foreign Affairs- Grand Lodge of Rio Grande do Sul – Brazil

Grand Representative near Grand Lodge of India.

Past Master,33,MRA,SEM,Kt.Pr., FRC,Shriner, SRCF VII, TOM. 

See curriculum.  http://www.sejalider.com.br/?p=4243

                      

Share