Iran – Shiraz – Persepolis-Pasagard-Província de Fars. October 2017

Iran – Shiraz – Persepolis-Pasagard-Província de Fars. October 2017

Shiraz, antiga capital do Iran, durante a Dinastia Zang, com população de 1,9 milhões. Cidade dos Poetas, dos Jardins, das Flores e cidade Cultural do Iran. São 4000 mil anos de história. O castelo Karim Khan, lembra um forte da idade média , é uma cidadela que hoje está no centro de Shiraz e uma das principais atrações. Construído como residência por Karim Khan, serviu depois como prédio para o governo, prisão e atualmente um Museo protegido pela Unesco. Famosa pelo poeta Hafez, (1315-1390). Recebeu este título por sua habilidade incomum . Aos oito anos já tinha decorado todo o livro sagrado Alcorão. Visitei o local de seu túmulo no dia do aniversário de morte. Parecia que toda a cidade veio prestar homenagens. Seus poemas versam sobre misticismo, sufismo.
Um esporte que data de 700 anos, Zoorkhaneh, criado para treinar soldados persas para as guerras, continua vivo e ao ver uma sessão que é praticada em um ringue , onde vários atletas juntos praticam em conjunto sob o comando de música e tambores, apoios, levantando peças de madeiras para treinar os braços, danças circulares sobre o corpo, como os Sufis Dervish na Turquia. A conclusão foi imediata: as academias atuais copiaram da antiguidade os vários exercícios e os adaptaram, como body combat, zumba, cross fit. Registrado na Unesco como esporte tradicional de ginástica. Envolve princípios de zoroastrismo, mitraismo, gnosticismo e elementos de cultura pré islâmica persa. Uma experiência somente do Iran.
O bazar , no centro da cidade, enorme, variado. Os bazares do mundo islâmico são uma experiência de comércio a moda antiga. Em São Paulo, a rua primeiro de março, no Rio de Janeiro o Saara, no Cairo o Khan El Khalili são exemplos e praticamente em todo mundo tem os comércios populares, os brechós, os shopping de rua, em barracas. Os do Iran, transportam o visitante para época dos viajantes de camelo, de cavalo, pois os prédios e locais são antigos como o tipo de mercadoria, que mantém o tradicional junto com o moderno Made In China.
Shiraz lembra espécie de uva para vinho. Pois aqui existiam vinícolas que foram extintas pois atualmente o consumo de álcool é proibido. É por ser proibido, é contrabandeado das mais diversas formas . Nos mercados tem somente cerveja com O% de álcool, como a Holzstein da Alemanha. Portanto, chá, água e bebidas de frutas gaseificadas das mais diversas. O Jardim Eram, com 900 anos é um dos jardins Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Persépolis , a 60 km de Shiraz é a surpresa. São ruínas remanescentes do maior Império até então, ou seja até 330 A.C. Foi Ciro, O Grande que início este Império, em 550 AC, que teve dez monarcas, 34 Estados com seus respectivos governadores. A dinastia Achaemenids que iniciou este Império. Persépolis, uma das capitais, foi fundado é construída em um platô, por Darius O Grande. Seu filho Xerxes contínuo a obra e outros reis seguiram até que foi vencido, após seis meses de resistência por Alexandre o Grande, que colocou fogo em tudo. Eram sete palácios e três monumentos. Atualmente as ruínas , algumas bem conservadas, mostram como foi grandioso esta cidade, sendo na época a cidade mais rica da terra.
Em Persépolis, ao lado das ruínas, em 1972 foi realizado a festa mais cara do mundo, quando então Monarca Sha Reza Palavi convidou os dirigentes mundiais, presidentes, monarcas, primeiro ministros, para comemorar os 2500 de monarquia na região do Iran. Foi montado uma estrutura com barracas para receber os convidados, pois a área fica atualmente em um deserto. A ironia foi que 7 anos depois ele , O Reza Palevi, teve que fugir por conta revolução que fundou a República Islâmica em 1979. Um documentário registrou este evento.
E ali, ao lado de Persépolis, nas montanhas rochosas está Necrópoles, onde vários reis estão enterrados entre os quais Darius o Grande e seu filho Xerxes. As tumbas foram entalhas em enormes rochas , com tamanho de um edifício de 5 andares e entalhes em relevo contando feitos e batalhas.
A mesquita Nadir ol Mulk , conhecida como mesquita rosa, pois reflete ao interior de um dos salões através dos vitrais, cores mágicas e divinas, proporcionando uma imagem do céu aqui na terra. Muito bonito. A mesquita data de 1876. Os mosaicos tendo flores como motivo principal e tornam a mesquita colorida em um ambiente próprio para as preces e meditação, o que, aliás é o objetivo de todos os templos.
– “Os irmãos Komeini , que estrelaram o filme em 1979, A Revolução, tem suas fotos em todos os lugares. Mesquitas, Lojas, prédios públicos e em grandes cartazes nas ruas. “ São os líderes supremos , o primeiro Imam Komeini, em 1979 quando da fundação da República Islâmica e seu sucessor em 1989 Yatolla Khameini. A religião aqui é o Estado.
Um ultimo item sobre Shiraz— A fé Baha’i, afirma que o último profeta não foi Mohammed dos muçulmanos. mas sim o profeta Mirza Ali Muhammad (1819 – 1850) que nasceu em Shiráz, no sul da Pérsia (atual Irã). E que atualmente tem sua sede em Haifa, Israel
Pasargad– Aqui jaz Cyrus the Great. Aqui descansa Ciro o Grande. Ele foi o Rei dos Reis. Aqui está seu túmulo, quase intacto. Foi morto na batalha contra os Babilônios. Ele fundou Pasargad que foi a primeira capital do grande império. Quando Alexandre também o Grande , finalmente conquistou a área, mandou destruir tudo. Quando o general com a missão de destruir chegou ao túmulo, encontrou dentro um sarcófago de ouro e uma inscrição : I am Cyrus the Great,king of Pérsia, dont destroy this tomb. Eu sou Ciro o Grande. Rei da Pérsia não destrua este túmulo. Ainda sobre Ciro o Grande. Foi encontrado em 1875, na Babilônia, hoje parte do Iran o cilindro de Ciro, the Cyrus Cilinder onde em idioma cuneiforme estava a primeira declaração de direitos humanos, pois em seu império não tinha escravos, todos eram pagos, tinha licença maternidade, etc. O cilindro atualmente se encontra no museu do Louvre.
Parece tão distante. Parece zona de guerra, são muçulmanos extremistas, isto se diz do Iran. Isto é somente falta de informações. O Iran impressiona por sua história, seu povo gentil, simples e hospitaleiro. Por sua arquitetura colorida, por seu sistema de governo religioso,
Salam Aleikum.
– fotos –https://drive.google.com/open?id=0Bz9_qUt1B-ERM3BoUVZ3SWVQMFE

HANS, Marcos
Writer, Speaker, Administrator, Personal and Executive Coach ICI Integrated Coaching Institute.
Commercial real estate developer and a Happy World Traveller
Past Grand Secretary of Foreign Affairs- Grand Lodge of Rio Grande do Sul – Brazil
Grand Representative near Grand Lodge of India.
Past Master,33,MRA,SEM,Kt.Pr., FRC,Shriner, Potentate 2018 Hikmat Temple, SRCF VII, TOM.
See curriculum. http://www.sejalider.com.br/?p=4243

 

 

 

Share