Arquivo mensal março 2020

Republic of Sudan March 2020

                               Republic of Sudan March 2020

fotos- https://drive.google.com/drive/folders/10etj8Qv3IWFfLxOHSnET8OX1bWh3OfmX
videos-   https://youtu.be/44D6cHkFB1A. E mais vídeos no mesmo canal.

      – República do Sudan  com 41 milhões de habitantes.Independente da ocupação em conjunto , dos Britânicos e Egípcios , desde 1956. Em 2011 outro país se formou no sul, o Sudão do Sul.   Karthoum é capital com 5 milhões.  Localizado no deserto do  Saara, cruzado pelo Rio Nilo. O rio Nilo é o mais longo rio do mundo, com 6853 km, logo após o Amazonas com 6400 km) A confluência dos Rio Nilo Azul e Rio Nilo Azul é aqui na capital. País Islâmico.

Uma atração, no mínimo estranha e peculiar, em Karthoum , é a Dança Sufi Dervish. Ocorre a cada sexta feira, exceto durante o Ramadan, no final da tarde,  junto à Mesquita e tumba Hamed al-Nil , em Omdurman , que foi lider  Sufi no XIX, que fica localizado no meio de um cemitério. Quando cheguei estava acontecendo um enterro. Logo após começaram a se formar em procissão, os participantes, com roupas muito coloridas, ornamentos na cabeça, tambores para dar o tom e ritmo a caminhada de entrada. Na  sequência , ao redor do poste central , alguns caminhando outros dançando em círculos, a plateia emitindo um mantra e balançando o corpo para entrar em transe. Para celebrar a vida. Pois os que já morreram não podem mais. O mantra com a finalidade de comunicar com Deus, pois isto é a essência do sufismo. O mantra l La illaha illaha”. Não tem outro Deus senão Allah e entoado sem parar. O sufismo é muito importante para o islamismo no Sudão. Uma atração  turística, imperdível . 

        –Sudan está na lista dos países mais pobres do mundo. Visualmente se percebe isto pelos meios de transporte, muitas com transporte animal, burros principalmente e pela rotina das pessoas, maneira de vestir e morar.

          – A  400 km a cidade de Karima. Antes a cidade de Napata, onde está a Jebel Barkal , uma montanha com templos ao seu  redor e também pirâmides Nubianas. Hoje um sítio arqueológico. E Kurru, a necrópole real. E em descida íngrime, para dentro da terra,  em um túnel para conferir as cores originais na tumba do Faraó Negro, Tantamani. Os desenhos em hieróglifos egípcios estão muito bem conservados. 

          – Atualmente uma crise de falta de combustíveis, mantém a maioria dos postos fechados. E quando um recebe combustível, fila enormes  se formam e horas de espera para abastecer. A camioneta Toyota Hilux com a qual fiz o tour , foi abastecido  a noite no mercado negro do diesel para a viagem de retorno. Tudo por conta do embargo dos Estados Unidos, que promete agora para o governo de Transição, que tomou o poder por revolução em 2019, aliviar a situação. Durante 30 anos o governo autocrático islã, que estava montando sua própria Al  Quaeda , e este foi deposto por uma revolução popular. 

          – As pirâmides de Nuri, em Merowe, onde existem mais de 60 tumbas estão ali testemunhas do tempo . Ao cruzar o deserto de Bayuda para chegar em Meroe, a paisagem é árida, monótona , uma linha preta, o asfalto e terreno arenoso com quase nenhuma vegetação até onde os olhos alcançam. Na cidade de Almada, o incrível entrevero de lojas, que vendem de tudo. As pessoas, e conversei com muitas, a maioria fala inglês razoável, são gentis, alegres, querem saber de onde se vem e o que opinião se tem  do país. Os países da África, com religião Islâmica, já visitei vários, a característica é a alegria por mais precária que seja a situação. A propósito sobre bebida alcoólica, que no mundo islâmico não se consome em público, é usada em casa ou em lugares  fechados, normalmente escondidos. A bebida preferida é mais disponível é o Arak.

            – As pirâmides de Meroë, menores, com cume mais acentuado, em relação as  do Egito são um tesouro escondido da época das civilizações antigas a beira do Nilo. A altura máxima chega a 30 metros. São portanto da família pobre das civilizações da época porque as do Egito são gigantes em relação a estas. São consideradas pirâmides Nubias. Nubian Pyramids. São mais de 200 ao longo do Rio Nilo e muitas delas serviram de tumbas para os reis e rainhas do Reinado Meroitic, que durante 900 anos governou está região. São decoradas com motivos faraônicos egípcios, gregos e romanos. Foram construídas entre 2300 e 2700 anos atrás. Eu vi umas quarenta, algumas reconstruídas. As areias do deserto constantemente estão  inundando a área. Meroë foi um dos centros do Reinado de Kush que exerceu poder aqui e no Egito.

              – O complexo de templos em Mussawart , dedicados ao Deus Local Apedamak, o Deus Leão. E nas pedras as gravuras de leões, filhotes de leão , junto com elefantes e figuras egípcias. Foi a maior construção da história de Nubia. E em NAPA que foi no passado um centro de negócios, entre o Mediterrâneo e a África. Os templos tem motivos europeus e Africanos. Todos localizados em pleno  deserto, sendo conservados e preparados novamente para o turismo. principalmente com dinheiro da Alemanha que está financiando a arqueologia aqui. Ao lado dos templos em NAPA, um poço profundo de água onde manualmente, com auxílio de burros são puxados para fora bolsas de água que por sua vez são levados pelos meninos em bombonas de plástico  nas costas de burros.   

              – Sudan, República Sudan, outrora com uma civilização próspera, junto com os Egípcios. Hoje, um grande deserto, politicamente  turbulento, economicamente um desastre e as pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza. A riqueza está nas pessoas, que ao se acostumar a esta situação, são tolerantes, alegres, prestativas. 

               -Os Imperadores da China já acordaram e a China está invadindo o mundo com seus produtos e gripes. Os Faraós das civilizações do rio Nilo ainda estão adormecidos. Talvez uma tenha acordado para ajudar na revolução de 2019 que derrubou o governo ditatorial de 30 Anos.

                  – Está viagem programada para incluir mais países da região, o que ficou inviável porque países fecharam suas fronteiras após a declaração de Pandemia para OMS Organização Mundial de Saude, no início de março de 2020.  Estava já viajando quando isto aconteceu e por conta disto vou lançar em despesas extras na rubrica  “Explorando o Planeta” , despesas de vistos não usados, multas de reembolso de passagem aéreas. Frustração não  vou contabilizar, porque as coisas são como elas são e não como se gostaria  que fossem. 

                – Faça todos dias alguma coisa que de que você tem medo. Desta vez está situação me deixou com medo, por um tempinho.  O vôo de retorno, de Karthoum para Addis Ababa, foi cancelado porque o governo , sem avisar fechou  as  fronteiras. Fui na Embaixada da  Ethiopia para conseguir permissão de ir por terra, 1300 km. Duas tentativas em dois dias e sem poder falar propriamente com um oficial, somente através de uma janelinha e sem informações para estrangeiro deixar o país. No contato com a embaixada do Brasil em Addis Ababa, o oficial Rodrigo Wanderley  Lima deu a devida atenção ligando de volta prestando informações. Disse ter acionado o Itamaraty. A embaixada de Karthoum, informou que a embaixadora está de férias no Brasil e que iriam pedir instruções por e-mail. O oficial Agnaldo Dias da Cruz   deu a devida atenção , ligando várias vezes e inclusive se ofereceu para pagar hotel e veio pessoalmente com suas duas assistentes ao hotel para reconfirmar o voo de partida, após abertura das fronteiras ,  e pagar a diária do hotel e principalmente prestar solidariedade. Itamaraty em ação positiva. Impressionado porque normalmente o serviço público  deixa a desejar, mas aqui foi o contrário. Encontrei no aeroporto um embaixador da ONU, que é assessor do primeiro ministro do governo provisório, que também ficou detido aqui. Me disse que o governo logo percebeu o erro, pois não deu tempo dos estrangeiros sairem e os cidadãos sudaneses retornarem ao país, erro corrigido com a abertura três dias depois. 

                   –Neste ínterim,   assim do nada, o cônsul da Finlândia , que estava no hotel prestando assistência a cidadãos do seu país, me incluiu . “Conheço sua embaixadora, vou colocar  você em um voo para Addis amanhã.” É a noite me informou que o aeroporto iria reabrir por 48 horas e que era para remarcar bilhete cedo de manhã. O primeiro a chegar no escritório da Ethiopian Airlines, pois na hora de abrir já tinha mais de 100 pessoas. Remarquei o voo e aguardo por mais uma quantas horas atravessando a noite para ir ao aeroporto. Portanto foram quase 72 horas de atraso para iniciar o retorno por conta do Novel Coronavírus. 

                             – A experiência de me sentir sem ação gerou ansiedade mas logo me dei conta  que era preciso manter a rotina, ir atrás do que fosse  possível pois ficar sentado não era opção. Como um desempregado a procura de emprego e já em desespero relaxa. Levantar cedo, exercícios, banho, melhor roupa, melhor atitude  e sair a luta. O agente  de turismo local, Ahmed,  o Cônsul  Hisham , os oficias  Rodrigo e Agnaldo das embaixadas brasileiras, ajudaram muito e um pouco de paciência e as coisas e se resolveram. Mais uma aventura para contar. Fiquei imobilizado  por 72 horas em Karthoum, no Sudão na operação exploração as pirâmides de Meroë.

                              – “Planeta Terra: Estas são  minhas viagens, em uma missão de muitos anos , para explorar novos destinos, novas culturas, novas geografias, para pesquisar civilizações antigas e audaciosamente ir  onde nunca estive antes.”

                                – Afinal tudo é uma questão de Atitude.

Marcos HANS,  

Writer, Speaker, Administrator, Personal and Executive Coach ICI Integrated Coaching Institute.

Commercial  real estate  developer and  a  Happy World Traveller 

Past Grand Secretary of Foreign Affairs- Grand Lodge of Rio Grande do Sul – Brazil

Grand Representative near Grand Lodge of India.

Past Master,33,MRA,SEM,Kt.Pr., FRC,Shriner,(Potentate 2018 Hikmat ) SRCF VII, TOM. 

See curriculum.  http://www.sejalider.com.br/?p=4243

Share