Arquivo mensal julho 2016

Sul dos Estados Unidos, Sul da Europa.

image

Sul dos Estados Unidos, Sul da Europa.
Julho/2016
-O Brasil mais se parece com o Sul dos Estados Unidos ou a um país do Mediterrâneo na Europa.
– Desde os shopping centers ,que são uma cópia dos sistema de comércio americano, ao uso de automóveis, a Ipiranga ,lembra a paixão do Brasileiro por carros, inspirado pelo país sobre rodas no norte das Américas.
– As multinacionais, tanto dos Estados Unidos como da Europa, moldaram nossa indústria ,a cultura de consumo e comportamento nas famílias se seus empregados que foram passando de uma para o outra. Filmes então? Lavagem cerebral, assistimos os filmes simultaneamente com o mundo todo e nos tornamos cada vez mais parecidos com eles. A maior parte com os Estados Unidos e uma menor parte com a Europa.
– Qual é o jovem na atualidade que não quer fazer um intercâmbio e aprender English? Qual é o adulto que não tem o desejo de fazer compras no exterior. Basta a cotação do dólar melhorar um pouquinho que os aviões lotam.
-Quem somos? Que País somos? Ao juízo frio, o Brasil não chega a ser um malogro, não passa de um pais medíocre. Nossa contribuição para a historia da ciência e tecnologia, filosofia, resume-se a uma dispensável nota de rodapé em um livro de mil e uma páginas.
-Enquanto os Estados Unidos tomaram a dianteira do mundo moderno, seguros na crença de que o resto da humanidade não sonha senão em chegar onde chegaram e ser como eles sāo, o Brasil vai aos tropeços, como um passageiro de segunda na auto estrada de uma civilização da qual não toma parte no que ela tem de mais nobre e essencial.
– Pode ser sido, nossa colonização, e, posterior a colonização pelos cristãos católicos cujos padres liam a bíblia para os seguidores e nos Estados Unidos, colonizados pelos cristão evangélicos, cujos pastores solicitavam aos seguidores lerem a bíblia fazendo assim toda a diferença no desenvolvimento da criatividade , caráter , educação.
– Se tudo correr bem, o que na atualidade não está, um dia chegaremos a ser uma nação desenvolvida qualquer coisa semelhante ao Sul dos Estados Unidos ou ao Sul da Europa, a um país do Mediterrâneo Europeu. Nos cabe fazer e seguir o melhor que pudermos a receita e os caminhos já trilhados.
-Copiamos os shoppings, o modo de vida, a estátua da liberdade, comemos em redes de restaurantes americanos, Apllebees, Mc Donald, usamos celulares americanos como a Apple, usamos carros de origem americana e europeus como a General Motors
e Wolkswagen, etc. E ao copiar as leis incluímos o jeitinho brasileiro. Que ironia.
– Mas a esperança existe, não para nossos filhos, talvez para os filhos dos nossos filhos se continuarmos copiando bem e nos adaptando ao melhor.
-Por quê? Porque tudo é uma questão de atitude.

Marcos Hans

Share

Tampa Imperial Session 2016- Shriners

Tampa Imperial Session 2016- Shriners

——Nos dias 3 a 7 de julho de 2016 aconteceu em Tampa , ou Tampa Bay, na Flórida perto do golfo do México, a 142a Imperial Session dos Shriners International e dos SHriners Hospital for Children. Organização fundada em 1870 em New York e atualmente os Headquarters são em Tampa. É uma organização criada e atualmente dirigida por Maçons. A filiação tem o pré-requisito de ser uma mestre Macom.
——É uma sistema de 22 hospitais que tratam de crianças de 0 a 18 anos de doenças congênitas como lábio leporino, queimaduras, má formação óssea , espinha bífida entre outros, tratamentos estes gratuitos. Os templos e clubes, em um total de 196 ajudam a manter este sistema, transportando pacientes para os hospitais ou clínicas. Estados Unidos, onde está a maioria dos hospitais, inclusive um no Hawai, Canadá, um e México.
——-Os Shriners estão no Brasil desde 2009. Vide em (https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Shriners). O primeiro Templo, com mais de 300 nobres, fundado em 2014 está localizado em Cuiabá, Mato Grosso. Atualmente o templo mantém   clubes no Porto Alegre, Campo Grande, Cuiabá,  Natal ,Paraíba e Rondônia. O Templo HIKMAT , pioneiro no Brasil,  tem o objetivo de implantar uma    clínica Shriners em Cuiabá e todos os esforços de seus membros está voltado nesta direção.
———Participar dos Shriners é participar da maior organização filantrópica do mundo, reconhecida assim pela ONU. Estar filiado a um clube aqui no Brasil significa dirigir esforços para pacientes brasileiros que poderão ser tratados no sistema de hospitais Shriners nos Estados Unidos e no futuro em clínicas locais.
——— Nesta 142 sessão anual, tomou posse como Imperial Potentate o Nobre Chris L.Smith é uma delegação do Hikmat do Brasil esteve presente . Comissão liderada pelo Potentado Nobre Wesson , e membros do Divan, Antônio Kato, Marcos Hans,David Cardoso, Waldir Serafim e Cláudio Silva estiveram em os milhares de Shriners que anualmente se reúnem para levar adiante a maior filantropia do mundo. O Nobre e médico Denimar Sanches de Cuiaba prestigiou o evento. Ele foi médico visitante no Hospital Shriner de Sacramento CA.
———– Eu tenho orgulho de ser um maçom e mais ainda por ser um Shriner. Pertencer aos Shriners International permite ajudar no tratamento de crianças das mais diversas parte do mundo, de saber que as pesquisas que os médicos dos Hospitais fazem são disponibilizados para toda comunidade médica no mundo e ser um Shriner no Brasil oportuniza participar desta organização aqui em nosso país, conhecer pessoas talentosas, caridosas e como consequência primeira, ajudar crianças brasileiras.
——-Confira mais informações no site (http://www.shrinersinternational.org/pt-BR).
——-O que fazemos apenas para nós morre conosco, o que fazemos para os outros e para o mundo permanece e é imortal. (Albert Pike).
—-Tudo é uma questão de atitude.

fotos –https://drive.google.com/open?id=0Bz9_qUt1B-ERNDRUOXBrdHIzN1E

Marcos Hans

Writer, Speaker, Administrator, Personal and Executive Coach ICI Integrated Coaching Institute.
Commercial real estate developer and a Happy World Traveller
Past Grand Secretary of Foreign Affairs- Grand Lodge of Rio Grande do Sul – Brazil
Grand Representative near Grand Lodge of India.
Past Master,33,MRA,SEM,Kt.Pr., FRC,Shriner, SRCF VII, TOM.
See curriculum. http://www.sejalider.com.br/?p=4243

Share